quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009


Paz ao seu coração.
Certa vez veio essa frase ao meu coração: Caminhando ... Conversando ... Semeando ...
O tempo foi passando e logo em seguida veio o Salmo 126, que diz: " Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cânticos; então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós e por isso estamos alegres. Faze-nos regressar outra vez do cativeiro, Senhor, como as correntes do sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará sem dúvida com alegria, trazendo consigo os seus molhos."
Assim, olhe para você mesmo(a) neste momento.
Eu me vi buscando a simplicidade de Cristo, o Semeador Maior, Caminhando ... Conversando ... Semeando ... e Chorando ... E, o Semeador Maior agora vive em mim, vive em você.
Levamos o Semeador Maior, a preciosa semente, vivo em nós, que nos constrange em amor para cada momento lançarmos aos corações A Semente.
O Espírito Santo leva-nos ao choro sobrenatural, choro que vem daquele que sabe a real verdade de todas as coisas. Amor pelas almas.
As lágrimas regam as terras secas, desérticas, dos corações, para salvar a semente, ajudar para que "a terra" não mate a semente.
Ah Deus Amado, e chegará o dia, o glorioso dia, aleluia, em que estaremos não de mãos vazias, mas carregando nossos molhos, que nasceram, durante a nossa caminhada, das sementes regadas sobre a terra com as nossas lágrimas, em orações, súplicas, intercessões e jejuns.
E glorioso júbilo encherá os Céus da Glória ... Aleluia!
... Paz ao seu coração.
Postar um comentário